Vantagens da irrigação por aspersão

Vantagens da irrigação por aspersão

24

Mai

2021

Todo produtor sabe da importância de levar água para sua plantação. Mas com o grande avanço da tecnologia, passar horas irrigando toda a colheita manualmente está fora de cogitação. Imagine só o tempo que levaria, além do custo de mão de obra, não dá nem pra comparar a diferença de lucro e produtividade. Por isso, para adquirir uma melhor colheita, é preciso usufruir da tecnologia e investir em um método de irrigação para a sua cultura.

Para garantir qualidade na colheita e que a irrigação seja eficiente, é necessário conhecer os métodos e sistemas que podem ser utilizados. Cada um atende uma carência diferente, mas todos são uma maneira pela qual a água pode ser aplicada na plantação e fazer render mais. Os MÉTODOS são: gotejamento, microaspersão, aspersão e outros. Já os SISTEMAS variam dependendo de cada fator: pivô central, fixos, autopropelidos e etc.

Ou seja, irrigar a cultura vai muito além do que somente suprir a necessidade de água. Controlar a vazão de água de acordo com o que a sua plantação precisa influencia diretamente no crescimento e sobrevivência do plantio.

Hoje, o nosso maior foco vai ser em um método cheio de vantagens: a ASPERSÃO.
Proporcionar a irrigação em toda a área cultivada é a principal característica da irrigação por aspersão, ela é aplicada ao solo imitando a chuva, caindo sobre a cultura em forma de gotas. A aplicação da água é feita através da fragmentação de um jato de água atirado sob pressão no ar atmosférico, por meio de bocais de aspersores ou simples orifícios.

Além disso, os aspersores são componentes fundamentais de um sistema de irrigação por aspersão. Eles funcionam sob pressão fazendo o lançamento do jato de água no ar. Existem variados tipos de aspersores, os mais utilizados são os rotativos, eles são caracterizados por fazer um giro em torno de sua haste de sustentação ao mesmo tempo em que jogam o jato d’água no ar. Os aspersores rotativos podem ser do tipo setorial ou de giro completo (360°).

Para solos com alta penetração e pouca disponibilidade de água, a irrigação por aspersão é a mais recomendada, pois essas superfícies necessitam de irrigações mais constantes, com baixa quantidade de água por aplicação.

Você pode utilizar esse sistema nas pastagens e grãos em geral, como milho, soja, feijão, hortaliças, pomares e muito mais. Mas não para por aí, olha só essas outras vantagens:

– Possibilita um ótimo controle da lâmina de água a ser aplicada;
– Não precisa do preparo ou sistematização do terreno;
– Permite a economia de mão de obra e de água, tendo melhor eficiência da irrigação;
– Pode ser utilizada para aplicação de fertilizantes, insumos e tratamentos;
– Deixa uma maior área disponível para a plantação;
– A montagem e desmontagem é simples e não interfere nas atividades agrícolas.

E atenção, na hora de escolher o aspersor ideal para a sua plantação, vale analisar alguns aspectos:

– O tipo de aspersor;
– O tamanho da área que será irrigada;
– Vento, fatores biológicos e climáticos;
– Permanência de água no solo etc.

Observar as características da superfície, as necessidades da cultura e o método de irrigação são fatores essenciais para você adquirir bons resultados. E é claro, além disso, é preciso escolher produtos com qualidade.

Aqui na Agrojet, investimos em alta tecnologia para fabricar materiais seguros e duráveis, resistindo à diversas condições climáticas. São feitos exclusivamente para trabalharem dia após dia sem perder a eficiência.

Quer saber mais? Clique aqui para conhecer nossos produtos, ou aqui para fazer um orçamento.